Categories

Página inicial > AÇÃO TERRA > Sobre > ¿Que é LRAN? > LRAN: Declaração de Missão

21 de janeiro de 2007
admin

LRAN: Declaração de Missão

Os membros de LRAN vêm de centros de investigação política, faculdades, grupos lutando pelos direitos humanos, organizações comunitárias, movimentos sociais y organizações não-govermentais. LRAN aceita a inclusão e participação de novos membros – individuais e organizações – que compartem este interesse e dedicação aos princípios e atividades de LRAN.

Nossos metas são:

Mobilizar e gerar investigação e analise para apoiar movimentos lutando pelo acesso à terra e recursos.

Prover um foro ou mecanismo para facilitar o intercâmbio de informação entre pesquisadores dedicados à causa e os mesmos movimentos lutando para terra e recursos. Esse mecanismo deveria ser apropriado em estilo, formato e linguagem.

Criar uma comunidade de pesquisadores dedicados, que aproveitam da sua experiencia compartilhada para fortalecer e mobilizar suas pesquisas em favor dos movimentos lutando para acesso à terra e recursos.

Influir polêmicas locais, nacionais, regionais e internacionais diretamente e por meio dos movimentos e organizações que colaboram com nós.

Específicamente, nossas atividades abrangem:

Responder à necessidade para informações e pesquisas dos movimentos sociais, grupos comunitários, e redes dedicados à promoção de acesso a, e equitável distribuição de, terra e outros recursos naturais.

Trabalhar com movimentos sociais, organizações comunitárias, e as redes apropriadas para compartilhar e intercambiar informações e conhecimento de assuntos ligados à terra, reforma agrária e titularização de recursos.
Documentar as experiencias bem sucedidas e fracassadas com respeito à distribuição da terra e a reforma agrária de varios grupos, inclusive governos, instituições multilaterais, organizações populares e movimentos sociais.

Encaminhar pesquisas sobre programas contínuos de reforma agrária e territorial, programas de reforma de acesso a outros recursos, e atuais esforços de grupos populares e movimentos sociais para reforma agraria e acesso a recursos, destacando estratégias e ações bem sucedidas, inclusive suas implicações para o desenvolvimento de políticas futuras em áreas pertinentes.

Vigilância crítica das iniciativas políticas de governos e instituições regionais e globais que têm influença sobre assuntos que têm a ver com reformas agrárias e territóriais, e acesso a recursos.

Disseminar os resultados da dita documentação, pesquisa e vigilância a organizações populares, movimentos sociais, grupos da cidadania, organizações não-govermentais, institutos de pesquisa sobre políticas, redes acadêmicas, o público, governos e a mídia.

Embora séjamos dedicados à geração de pesquisas e analise bem versada e de alta qualidade, esta não é uma rede acadêmica, senão uma rede que une pesquisadores, dos quais muitos são acadêmicos, que são dedicados a usar seus dons e conhecimento para apoiar aos movimentos que são combatentes nas lutas globais e locais para acesso a recursos produtivos.

Comentarios

Responder a esta matéria